sábado, 25 de dezembro de 2010

crer






















duchesse-2-guermante


Creio em mim. Creio em ti. Deus, onde mora?
Na vontade de crer que me consente
humano e ardente.
No meu repouso em ti, que me alimenta.
No que vejo e recebo, nesta vara
florida num deserto, em meu maná
de agora e de jamais. Saber-me hoje
tão digno do tempo que me mata
é arder-me em Deus, e este saber me basta.

9 comentários:

  1. ME, tenha um otimo fim de ano! recheado de luz, paz e felicidades!
    E que 2011 seja um ano abencoado e mais maravilhoso ainda!!!!
    E que poema maravilhoso, ja esta salvo aqui com certeza.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. É bom quando temos esta fé.

    Espero que o seu Natal tenha sido ótimo e um feliz 2011 para você!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Me, que lindo!
    Crer é importantíssimo, que esse ano novo traga forças para realizarmos tudo que sonhamos e acreditar nos nossos objetivos!

    Um ano lindo que se inicia para vc minha amiga!
    Beijo da Ju

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo seu trabalho neste espaço de partilha em 2010 e faço votos que 2011 seja um ano cheio de sonhos concretizados!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  5. Feliz Novo Ano Meme !!!
    Saúde ,paz, alegrias mil em 2011 : )
    bjossssss... saudadesssssss !!!

    ResponderExcluir
  6. Olá feliz 2011! Parabéns pelo vosso blog!
    Quero hoje que você possa conhecer o trabalho feito no Folhetim Cultural que é o blog pelo qual sou responsável este abaixo é o endereço:
    informativofolhetimcultural.blogspot.com
    ontem sábado 1º dia do ano, voltamos com as publicações.
    Ás 9 horas da manhã minha coluna poética
    Às 13 horas O Poeta entrevista quadro de entrevista
    e ás 17 horas Chá das 5 onde um poeta colaborador escreve uma coluna poética. Ao longo da semana atualizações são feitas com noticiário cultural, espero que possa contar com seu apoio nessa empreitada e que possa opinar sobre o nosso trabalho agradeço a atenção lhe desejo um ano super!

    Magno Oliveira
    Folhetim Cultural

    ResponderExcluir
  7. Me , que coisa linda!Adorei este poema.bjs

    ResponderExcluir