sábado, 18 de dezembro de 2010

um devaneio tão grande...















Ronaaa


Seria possível que um devaneio tão grande, tão forte, tão arrebatador possa ser contradito pela realidade? Ele se soldava tão bem à vida, à nossa vida. Dera tanto ser ao nosso ser imaginante! Fora para nós uma abertura para um mundo tão novo, tão acima do mundo desgastado pela vida cotidiana!

2 comentários: